PRF vai apurar denúncia contra PRFs que orientaram motorista a “dormir”

A superintendência da Polícia Rodoviária Federal, no Rio Grande do Norte, abrirá procedimento administrativo contra os policiais rodoviários que, na madrugada da última quinta-feira, orientaram um caminhoneiro a “dormir” após ter sofrido uma tentativa de assalto na rodovia BR-304. A vítima procurou ajuda em um dos postos da PRF/RN localizado no município de Lajes, imaginando que os agentes iriam empreender buscas aos criminosos.

A falta de providências por parte dos agentes de plantão surpreendeu a vítima e foi reprovada pela superintendência, entendendo que esse não é um procedimento padrão. Os policiais podem ser punidos, ao término da apuração, quando tudo será esclarecido. O inspetor Roberto Cabral, do Núcleo de Comunicação Social da PRF/RN, garantiu que a superintendência vai apurar o caso.

Francisco Maia, 47 anos, transportava em seu caminhão uma carga de bobinas de papel para o jornal TRIBUNA DO NORTE quando os ocupantes de um veículo GM Celta começaram a atirar. O objetivo era forçar o motorista a parar o caminhão. O caminhão foi atingido por vários disparos, mas o motorista saiu ileso.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: